Oh, Grande Espírito,

cuja voz eu ouço nos ventos
e cujo sopro dá vida a todo o mundo, ouvi-me.

Eu sou pequeno e fraco.

Eu preciso de sua força e sabedoria.

Deixe-me andar na beleza e faça meus olhos
pertencerem ao vermelho e à púrpura do pôr do sol.

Faça minhas mãos respeitarem as coisas que você fez
e meus ouvidos afiados para ouvir sua voz.

Faça-me sábio para que eu possa entender
as coisas você ensinou ao meu povo.

Deixe-me aprender as lições que você tem escondido
em cada folha e pedra.

Eu procuro força, não para ser superior ao meu irmão,
mas para lutar contra meu maior inimigo – eu mesmo.

Faça-me sempre pronto para vir para você
com as mãos limpas e olhos em linha reta,
por isso, quando esvanece a vida, como o pôr do sol desaparecendo,
meu espírito virá a você sem qualquer vergonha.

Cotovia Amarela – Chefe Lakota
….

Oh, Great Spirit,

whose voice I hear in the winds
and whose breath gives life to all the world, hear me.

I am small and weak.

I need your strength and wisdom.

Let me walk in beauty and make my eyes
ever behold the red and purple sunset.

Make my hands respect the things you have made
and my ears sharp to hear your voice.

Make me wise so that I may understand
the things you have taught my people.

Let me learn the lessons you have hidden
in every leaf and rock.

I seek strength, not to be superior to my brother,
but to fight my greatest enemy – myself.

Make me always ready to come to you
with clean hands and straight eyes,
so when life fades, as the fading sunset,
my spirit will come to you
without shame.

American Indian (Lakota) – Chief Yellow Lark

Anúncios