Amigos,

Com qual frequência você revisa os pontos fortes e fracos de sua vida?

Já descobriu onde estão seus apegos?

Vale lembrar que APEGAR é agarrar-se a alguém ou a alguma coisa.

Nós nos agarramos a desejos, a hábitos, a atitudes, a ideias, a pessoas, a objetos, a medos, a emoções, a pensamentos, a situações e a tantas outras coisas.

Nós humanos tendemos a buscar segurança em tudo na vida, pois acreditamos que a nossa segurança vem de fora, daquilo que nos cerca: emprego, objetos, amigos, situações etc.

E quanto mais estáticas ‘essas coisas’ forem, passa-nos a impressão de segurança ampliando a ‘nossa zona de conforto’ e nos sentimos e ‘sentamos’ comodamente sobre elas, pois se nada daquilo ‘mexe’ lá fora, nós também não mexemos em nossa zona de conforto.

Nós seres humanos temos medo das mudanças, porém vivemos num mundo que se movimenta num sistema solar, que se movimenta numa galáxia que se movimenta num universo galáctico… Somente nós rejeitamos movimentação… Mas como, se Vida é movimento, é ação, é impermanência?

E o apego é o esforço que fazemos para impedir que algo mude e nos instabilize e nos traga insegurança, é um contra fluxo, um nadar contra a correnteza.

Apegar-se é apoiar-se naquilo ou naquela ‘segurança’ que achamos vir de fora. Nada mais falso por que não temos controle de que ‘as coisas’ permaneçam imóveis conforme nosso desejo. E essa falta de controle pode gerar medo, instabilidade, insegurança, rompendo a hipotética muralha da nossa zona de conforto.

Apegamo-nos as pessoas, nos ‘grudamos’ nelas,  colocamo-as como geradoras da nossa felicidade. E quando elas se movimentam, ou se afastam por algum motivo, desabamos, perdemos o chão ficamos desestruturados.

A primeira impressão é que vamos morrer… E é quase isso por que fizemos delas o nosso apoio. E isso também engloba situações, objetos, amigos, emprego…

Um reflexo deste apoio em pessoas ou coisas é aquela gaveta atulhada de papeis objetos, armários cheios de tralha estagnada há anos sem qualquer movimentação… Estão lá lhe dando um apoio incondicional. 🙂

Tudo à nossa volta se movimenta e há um fluxo natural de mudanças, as quais fazem parte da Vida e nos leva a um crescimento a uma Evolução. Portanto, você continuará em pé se estiver apoiado em si mesmo, sentindo-se seguro, mesmo que tudo a sua volta esteja se movimentando.

Não há segurança fora de você, acredite!.

Desapegue-se, solte-se dos outros, libere-os do seu agarramento, deixe a Vida fluir em seu ir e vir.

A Vida Sabe o que é melhor para você. Não tente arrastar o passado para o hoje, de lá ele não sairá. Viva as experiências que estão de acordo com o seu momento evolutivo. Viva o hoje, já que o por vir não se materializou.

E você está agarrado em quem, ou no que?

Se você soltar ‘essas coisas’ o que acontecerá na sua Vida?

Experimente a Felicidade ou a Liberdade de estar no comando de si mesmo, de Sua Vida.

 

(parceria com a WEB  e algumas frases pinçadas/waldir)

Anúncios